sexta-feira, 24 de junho de 2016

Aconteceu na tarde de ontem, quinta-feira (23), no Rio de Janeiro, a apresentação dos uniformes de Abertura e Encerramento dos Jogos Paralím...

Profashional Editora acompanhou de perto o lançamento dos uniformes do Comitê Paralímpico Brasileiro

Nenhum comentário:
 
Aconteceu na tarde de ontem, quinta-feira (23), no Rio de Janeiro, a apresentação dos uniformes de Abertura e Encerramento dos Jogos Paralímpicos, no Shopping Leblon. O formato intimista contou com convidados vips e, claro, a Profashional Editora, grande parceira do CPB e responsável pelo material comemorativo de 20 anos do comitê, fez parte dessa lista seleta.

Andrew Parsons e a publisher Sandra Teschner

No evento, os atletas apresentaram os uniformes com a presença dos nadadores André Brasil e Joana Neves, o esgrimista Jovane Guissone e a saltadora Silvânia Costa foram os escolhidos para apresentar as peças assinadas pela grife Reserva, que apresentou uma proposta inspirada na Floresta da Tijuca, considerada a maior floresta urbana do mundo e no próprio palco dos jogos, a cidade maravilhosa. Embaixador do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), o ex-judoca Flávio Canto também desfilou nas passarelas improvisadas no segundo andar do Leblon, Zona Sul do Rio de Janeiro. O presidente do CPB, Andrew Parsons, comemorou o resultado e o clima de glamour no estilo São Paulo Fashion Week.



Os uniformes foram escolhidos após processo seletivo coordenado por Paulo Borges, também criador do famoso evento de moda na capital paulista. Desenhados pelo estilista Igor de Barros, as peças apresentam duas estampas com desenhos da flora e de aves da região, com cores vivas para transmitir diversidade e alegria, mesclando versatilidade, conforto e elegância.

“Existe um concurso criativo que foi organizado sob curadoria do Paulo Borges, fundador do SPFW e criador da Luminosidade, nosso parceiro e amigo há muitos anos. Ele me ligou para fazer o convite, e eu escolhi fazer os uniformes para os Paralímpicos, pois acho que já édifícil ser esportista nesse país, pelo ponto de vista financeiro, e ser um esportista especial é ainda muito mais difícil. A reserva tem uma história muito longa de trabalhos sociais e inclusão, e os Paralímpicos tem tudo a ver com a marca”, comenta Rony Meisler, proprietário da marca Reserva.

Dentre os embaixadores estão nomes como: Rodrigo Hilbert, Flávio Canto, Gustavo Kuerten, Emerson Fittipaldi, Luiz Severino Ribeiro, Romário, Ronaldinho Gaúcho, Fernanda Lima, Nizan Guanaes, Luiz Severino e Ayrton Senna (in memoriam).

“Estamos prestes a viver dias inesquecíveis que vão transformar para sempre a maneira de como as pessoas veem o esporte Paralímpico. Temos um momento difícil que estamos vivendo politica e economicamente, e hoje teremos um legado que as pessoas falam pouco, um legado intangível de representantes de uma galera que dá orgulho de ser brasileiro, de esperança”, fala Flávio Canto.

A expectativa não está só em torno dos uniformes, mas também no desempenho dos nossos atletas. O objetivo é alcançar a quinta colocação no ranking paralímpico. “Faltam 77 dias para os jogos, mas estamos nos sentindo muito preparados, as confederações tem feito um grande trabalho junto do Comitê Paralímpico, comissões técnicas, os atletas, todos eles sentindo a grande responsabilidade de atuar em casa, mas usando isso de forma positiva, não se cobrando, mas querendo dar espetáculo em casa”, fala Andrew Parsons, Presidente do CPB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário