sexta-feira, 17 de junho de 2016

Por sua excelência, a rede conquistou o selo concedido pela revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios Dedicando carinho e cuidado...

Tip Top - parceira Profashional - é eleita franquia cinco estrelas e se mantém no ranking das melhores em seu segmento

Nenhum comentário:
 
Por sua excelência, a rede conquistou o selo concedido pela revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios

Dedicando carinho e cuidado com pequenos e papais por gerações, a Tip Top – referência nacional em vestuário infantil – foi reconhecida pela revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios (PE&GN) como a melhor franquia do Brasil 2016. De uma lista de mais de mil indicados, 77 marcas se destacaram, entre elas a Tip Top se mantendo entre os principais contemplados com a chancela atingindo a maior nota da classificação pela excelência dos seus serviços.

“Esta é a sétima vez que somos eleitos como uma das Melhores Franquias do Brasil. É gratificante para nós que estamos nos bastidores, mas trabalhando duro para garantir o sucesso de toda a rede, e claro, prezar pela satisfação dos nossos clientes. Parabenizo minha equipe e os franqueados, juntos conseguimos conquistar mais este grande prêmio do nosso setor”, comemora David Bobrow, presidente da Tip Top.

Na ocasião também foi anunciado um novo aplicativo, cujo objetivo é funcionar como um guia de franquias prometendo facilitar a vida dos investidores que conseguirão comparar e analisar cada marca e decidir qual o melhor negócio para sua aplicação. Com o novo selo, a Tip Top, que tem também uma revista customizada pela Profashional Editora, a Tip Top Mag, aparece na plataforma entre as marcas qualificadas com 5 estrelas. Por meio do aplicativo, disponível nas versões iOS e Android. É possível ainda, encontrar notícias, comentários e explorar a região de interesse, identificando o público e concorrentes presentes.

Focada em ações nos pontos de venda e treinamento constante da equipe de vendedores, a Tip Top encerrou 2015 com um faturamento de R$ 116 milhões e 106 lojas pelo país. Atualmente, a rede possui modelos de negócios contra a retração: o investimento em uma loja tradicional sai por R$ 420 mil, sendo que a estimativa de faturamento é de R$ 85 mil. Já a Mega Store demanda investimento a partir de R$ 1 milhão, com faturamento estimado de R$ 250 mil. Até o final do ano, a marca espera incrementar sua receita em 7%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário