terça-feira, 4 de outubro de 2016

Conhecida não só pelo nome que faz jus ao lugar, mas principalmente por suas paisagens naturais que atraem o ecoturismo, bonito é um desses...

Neste dia da natureza, confira a matéria da revista #CenterNorte Mag sobre o Munícipio de Bonito, no Mato Grosso do Sul.

Nenhum comentário:
 
Conhecida não só pelo nome que faz jus ao lugar, mas principalmente por suas paisagens naturais que atraem o ecoturismo, bonito é um desses lugares inesquecíveis.

Grutas, cachoeiras, cavernas e rios com fácil acesso para o mergulho fazem o visitante ter a sensação de que está num pedacinho perdido do Éden. Juntamente com Bodoquena, Jardim e o município de Guia Lopes da Laguna, Bonito, no Mato Grosso do Sul, integra a Serra da Bodoquena e é um dos principais polos turísticos da região, exatamente por suas atrações naturais e a posição geográfica vizinha ao Pantanal e à capital do estado, Campo Grande.

São tantas as opções de passeios que, na dúvida, é melhor elaborar um roteiro com antecedência e reservar a agenda. Quem escolhe mergulhar no abismo Anhumas – uma espécie de passagem com 72 metros de profundidade, iluminada pelas fendas entre as rochas e por um enorme lago de águas transparentes – ou praticar rapel, tem que dispor de um dia inteiro.

De três a quatro horas dura a visitação nas grutas, como a do Lago Azul, a mais famosa, e o turista pode também fazer a flutuação e se deixar levar suavemente pela correnteza dos rios da Prata e Sucuri como se estivesse em um aquário repleto de espécies raras de peixes. Mas se a ideia é olhar os rios por outro ângulo, dá para optar pelo passeio de bote, de boia-cross ou descobrir as diversas cachoeiras do entorno, com direito a pausa para saborear as comidas de fazenda.

Passeio em terra firme 

Se o visitante preferir algo “mais sequinho” pode curtir o arvorismo (trilhas instaladas no alto das árvores), as caminhadas pelas estâncias, as cavalgadas ou as voltinhas de mountain bike feitas no Parque Ecológico Rio Formoso.
O Balneário do Sol é o mais indicado para a turma que viaja acompanhada de crianças. Além de oferecer toda a infraestrutura para entreter os pequenos aventureiros, o lugar conta com restaurante, churrasqueiras, quadras poliesportivas, piscina natural, tirolesa e cachoeira própria.

Considerado um símbolo da cidade, o bar Taboa é um típico lugar de Bonito cujo nome faz referência à cachaça mais conhecida de lá, feita com mel, guaraná em pó e canela. O espaço possui interiores aconchegantes, decorados com palhas e mesinhas espalhadas pela calçada. Depois de degustar a bebida da casa, os turistas podem escolher entre os drinques coloridos e dançar na pista com as músicas que são tocadas ao vivo.






Nenhum comentário:

Postar um comentário